Meu testemunho (namoro, pecado, sem perdão)

Oi meninas, cá estou eu aqui com mais um post!
Sinceramente hoje não iria postar, mas tive uma direção para um post que sei que ajudará muitas meninas;
Mas antes quero dar um recadinho: Estamos com alguns probleminhas no nosso ask, então o melhor pra receber sua resposta e conversando por email que é o aspreciosass@gmail.com
Lá no menu ↑ tem um escrito contato, lá você vê as maneiras de falar comigo !
Já estamos recebendo muitos emails, e eu estou respondendo todos ! Se o seu não foi ainda, fique na paz que ira chegar a resposta logo, ok ?! E obrigada por mensagens fofas que me deixam ainda mais feliz, e por vocês compartilharem nossas mensagens, o blog a cada dia tem preciosas novas ☺ obrigada mesmo, de coração ♥

Primeira vez na FJU, ainda era FJB rs Não estava casada ainda, foi um evento que meu esposo me levou e eu nem era da universal rs (com D. Fernanda e Obreira Pri ♥)


Já pediram pra mim postar !
E hoje venho postar meu testemunho sobre a conversão completo ☺ (não tão completo porque é grande rs)

Sou filha de pastor! Mas não pastor da universal, e não sou filha de sangue, ele é meu padrasto, mas é um pai! Gosto de dizer que tenho 2 pais;
Desde quando me entendo por gente que estou na igreja, lembro que minha mãe antes do meu pai virar pastor cuidava das crianças da igreja, era igreja pequena, mas tinha bastante gente;
O tempo foi passando eu fui crescendo, meu pai virou pastor e eu já era adolescente. Mas compromisso com Deus nada nada; Eu não queria nada com Deus porque eu achava chato, todo dia na igreja, eu não podia sair, eu não podia ir para as festas, eu não entendia oque a bíblia falava;
Mas com a pressão da minha mãe eu ia para igreja, só por pressão mesmo, lá tinha amigos, eu cantava no coral, e mesmo não querendo ta na igreja ou qualquer tipo de comunhão com Deus eu estava no coral.
E todos acreditavam que eu tinha Deus por eu ser a filha do pastor;
Só que minha vida não tinha nada disso, eu não conseguia receber o Espírito Santo, toda vez que alguém me perguntava era não, não , não !
E nisso eu levei uma vida triste, porque na igreja eu fingia ser de Deus, com as amigas fingia ser feliz, a legal, a baladeira; pra minha mãe eu mentia sem parar; e quando eu deitava a cabeça no travesseiro eu via que eu era vazia, sozinha e que era infeliz;

O tempo passou, os menininhos entraram na minha vida, eu amava e não amava, sofria, era iludida, enganada e tudo mais! Até que conheci meu esposo, na época ele era surfistinha do recreio, e eu como amo surf, fiquei encantada; Nessa época eu já tinha realmente virado as costas pra Deus, por achar que estava na hora de conhecer o mundo; Que não durou muito tempo, porque mais ou menos 1 ano depois de começar a namorar o surfistinha eu engravidei. como meu esposo é mais velho do que eu, ele na hora disse que iria assumir o bebê e eu ; Mas pra você vê como as coisas são, meses antes de descobrir a gravidez meu esposo estava voltando a frequentar a igreja universal, ele estava afastado fazia uns anos;
Quando contei a ele que eu estava grávida ele me chamou pra gente pedir perdão a Deus, na hora eu fiquei sem ação. ele me deu as mãos e começou a orar, e na minha cabeça só vinha pensamentos: "Você não tem perdão, você conheceu a verdade, acabou você não tem perdão. Deus não ta ouvindo sua oração;"
Resultado eu não acreditei e nem me perdoei!  Depois disso eu casei, eu fui morar com meu esposo, mas mesmo assim eu não acreditava que Deus tinha me perdoado.
aquele vazio que eu sentia na adolescência estava 1000 vezes pior, e oque eu mais desejava é que eu acordasse daquele pesadelo;
Pelo meu esposo comecei a ir a igreja, ia todo santo dia, ouvia até a palavra, mas mesmo assim não
acreditava que esse perdão pudesse existir. Eu era da igreja a muitos anos, tinha ouvido milhões de pregações e mesmo assim eu pequei, então eu não tenho perdão;
Meu filho nasceu e eu continuei com a mesma ideia na cabeça;
Até que eu estava com um vazio tão, mas tão grande que minha vontade era que eu tivesse morta e meu filho também;
Quando eu parei para perceber qual era meu desejo eu falei comigo mesma: olha só na situação que eu cheguei! Eu quero meu filho morto, e quero morrer; porque eu estraguei toda vida que eu almejava(que era faculdade, carro, meu primeiro apartamento pra morar sozinha) , eu to no fundo do poço; E nesse momento eu vi que ninguém estava conseguindo suprir aquele vazio então eu lembrei de Deus (eu tive que sofrer pra aprender que só Ele pode ajudar de fato e verdade) Fui pra igreja em uma reunião de grupos, o pastor começou a busca e como meu filho era muito pequeno e mamava ainda eu fiquei lá trás com ele, nessa noite eu busquei sentada e sozinha lá atrás, porque o pastor tinha chamado todos na frente do altar. Eu sentadinha com o pedro no colo fiz umas das orações mais sinceras do minha vida; eu disse o quanto eu era inútil,  o quanto eu me achava alguém, mas que na verdade eu não passava de uma qualquer nesse mundo, que nunca acrescentou nada; eu chorava como uma criança quando está magoada com alguma coisa, era o choro da alma mesmo;
Ali foi quando me arrependi, não só do pecado, mas por nunca ter dado a chance de Deus me mostrar quem Ele é realmente, por achar sua palavra chata, por não gostar de ir a sua casa,e por quando eu me decepcionava por culpa das minha atitudes eu O culpava;
Me arrependi totalmente, me achei a mais suja do mundo naquele momento, um assassino não era pior do que eu naquele momento;
E logo depois de pedir perdão por tudo, Deus me deu o que eu mais queria, eu recebi o perdão Dele e me perdoei pelos meus erros e pecados;
E dai em diante eu vi uma chance de começar uma nova vida, uma nova Driene, agora sem mais dor; e o segundo passo que eu tinha que tomar era a minha libertação; Mas sobre a libertação e o encontro com Deus eu falo amanhã :)

Mas o post de hoje é para mostrar que você tem sim um perdão, mas você tem que mostrar oque você realmente é pra Deus, e primeiro pra si mesmo, porque muitas pessoas pensam que estão bem espiritualmente falando, mas na verdade estão se afundando;
Então reconheça quem você é e seja sincera ☺

Deus te abençoe, beijos da Dri

5 comentários.:

  1. Olá obrera Dri.
    Eu gostei muito do seu blog ♥♥♥

    Eu sou da argentina, quería perguntar se a serie "A vida de Jéssica"
    podería colocar no meu blog, porque muitas meninas da argentina estão querendo leer, só que não consiguem entender o portugués.

    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi cielo, pode coloca-lá em português sim !
      Só me diz qual éo seu blog que eu irei compartilhar com nossas leitoras que também falam espanhol :)
      Deus te abençoe, beijinhos ♥

      Excluir
  2. Meu Deus... quanta coisa perdi nesse tempo que estou fora :(

    Tanta tanta tanta tanta saudadesssssss!!!!!!!!!!!!!!
    Vou demorar mais uns dias pra conseguir ler e acompanhar td que perdi rsrs Mas vai dar td certo!
    Queria achar uma forma de expressar o quanto sou grata por Deus ter convertido essa menina linda que vc é Drih, Através deste blog Deus me abriu muitas oportunidades, e uma delas você sabe qual foi... Fui muuuito repreendida por causa deste blog tambem, (e só Deus sabe o quanto) rsrs mas foi bom, aprendi muito!

    Sei que sou filah rebelde e que estou muuuiitooo distante ultimamente kkkkkk mas prometo voltar logo. rsrs
    Beijoosss Drizinha, amo vc <3
    ESTOU COM SAUDADEEESSS de tds as preciosas mais lindas do Brasil :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obreira Linda kk que saudade da Senhora D:
      Volta logo .. bjs #Criis

      Excluir
    2. Maaaas andressaaa! Tomou chá de sumiço ? kkkkkkkkk
      To morrendo de saudades de você dessa, muitas saudades mesmo, volta pra miiim );

      Excluir

Obrigada pela visita!
Já que chegou até aqui, deixe seu comentário sobre oque achou do post; ♥